plataforma de inovação,
futurismo
e impacto positivo
A fundação GravityLight tem como missão erradicar o uso de lâmpadas de querosene, que são responsáveis não apenas por poluir o meio ambiente como também podem causar incêndios e problemas de saúde fatais.

Cerca de 1.2 bilhões de pessoas no mundo todo não têm acesso à eletricidade — e isso representa aproximadamente 15% da população mundial. Fora isso, ainda outros milhões não têm uma fonte de energia confiável, o que acaba gerando a necessidade de usar outras formas perigosas, poluentes e caras de iluminação, como é o caso da lâmpada de querosene.

Esse tipo de lâmpada é normalmente feito com uma garrafa vazia ou com uma lata de comida, porém usar querosene para iluminação é tão ineficiente quanto perigoso e caro, além de causar várias complicações de saúde e no meio-ambiente. É estimado, por exemplo, que cerca de 3% das emissões de CO2 no mundo são provenientes das lâmpadas de querosene. Fora isso, a fumaça produzida pela lâmpada pode ainda causar problemas respiratórios, intoxicação e até morte entre crianças, bem como ainda podem ser focos de incêndio. Dentre as populações mais pobres, esse tipo de recurso de iluminação acaba por ser uma armadilha, já que o preço elevado da querosene pode chegar a consumir cerca de 30% de uma renda familiar.

Diante desse cenário, o projeto GravityLight criou uma lâmpada que produz luz apenas com a gravidade: trata-se de um sistema de roldana preenchido com areia ou pedras e que é capaz de gerar energia a partir da ação da gravidade. São necessários apenas alguns segundos de preparação para que a luz fique acesa por até 20 minutos conforme. Além disso, por não funcionar com baterias, esse tipo de iluminação pode ser usado indefinitivamente, o que significa uma grande redução de custos diante da alternativa do querosene.

A lâmpada funciona da seguinte maneira: é necessário preencher um saco com aproximadamente 12kg de pedra ou areia, depois levantá-lo usando a corda laranja que acompanha o produto. Em seguida, conforme o saco começa a lentamente cair, ele cria luz por aproximadamente 20 minutos. Quando o saco chegar ao chão, ele pode ser erguido novamente para um novo ciclo.

A fundação GravityLight foi criada por um time de profissionais do Quênia também em parceria com a Deciwatt, uma empresa baseada no Reino Unido. Além de oferecer essa solução tecnológica para o acesso à iluminação, a fundação também se compromete a doar parte de seus lucros para apoiar projetos de eliminação das lâmpadas de querosene.

No Brasil, o projeto Um Litro de Luz segue o mesmo princípio e também já está atuando no Quênia, bem como outros países como Honduras e Colômbia.

compartilhe

leia também

voltar

UP Future
Sight

Assine a news da nossa plataforma de inovação, futurismo e impacto positivo

Obrigado! Uma confirmação foi enviada para seu e-mail!
Algo deu errado ao realizar o seu cadastro. Tente novamente.